Categoria - Imprensa

Arquivo de notícias


A Solar Project equipa empresa em Terras de Bouro com um sistema autónomo de 6 kW

A Solar Project equipa empresa em Terras de Bouro com um sistema autónomo de 6 kW. Foi adjudicado à Solar Project um sistema de autoconsumo de 6 kWp sem armazenamento de energia. Este sistema irá permitir que a entidade adjudicadora fique parcialmente independente da rede elétrica pública,

Solar Project foi escolhida para a instalação de um sistema de iluminação Led num edifício de serviços em Vila Nova de Gaia.

Solar Project foi escolhida para a instalação de um sistema de iluminação Led num edifício de serviços em Vila Nova de Gaia. O novo edifício será equipado com 180 Lâmpadas Led e respetivas luminárias, com uma potência total de 1,8 kW. Para além de criarem um ambiente agradável,  as lâmpadas Led permitem poupar energia ao mesmo tempo que possuem um tempo de vida útil mais prolongado.

A Solar Project irá instalar um sistema autónomo num empreendimento de turismo rural na zona da Serra da Estrela.

Solar Project irá instalar um sistema autónomo num empreendimento de turismo rural na zona da Serra da Estrela. Foi adjudicado à Solar Project um sistema autónomo para alimentar um edifício de Turismo Rural na zona da Serra da Estrela.  Com este sistema, o edifício ficará parcialmente independente do gerador a gasóleo, permitindo assim uma redução considerável na emissão de CO2, bem como, no consumo do combustível fóssil.

Solar Project em parceria com Fundo Eficiência Energética (FEE) irá participar na medida “Requalificação de Sistemas Solares Térmicos 2015”

Solar Project em parceria com Fundo Eficiência Energética (FEE) irá participar na medida “Requalificação de Sistemas Solares Térmicos 2015”. Seguindo a sua estratégia de crescimento, a Solar Project irá ser uma das empresas promotoras da medida “Requalificação de Sistemas Solares Térmicos 2015”. Esta medida irá promover a intervenção em sistemas solares térmicos instalados antes de dezembro de 2005, em edifícios de serviços existentes, através da realização de duas tipologias distintas: • Realização de vistorias técnicas (para identificação de eventuais anomalias) e de auditorias energéticas (para aferir o nível de intervenção a aplicar na instalação); • Reabilitação dos sistemas solares, mediante o fornecimento, instalação, substituição de equipamentos e comissionamento da instalação. Esta campanha visa todas as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e Associações Desportivas de Utilidade Pública (ADUP), proprietárias de sistemas solares térmicos de aquecimento de água em edifícios existentes de serviços.

A Solar Project irá instalar um sistema de autoconsumo de 7 kW em Oliveira de Azeméis

A Solar Project irá instalar um sistema de autoconsumo de 7 kW em Oliveira de Azeméis. Foi adjudicado à Solar Project um sistema de autoconsumo de 7 kWp sem armazenamento de energia. Este sistema irá permitir que a entidade adjudicadora fique parcialmente independente da rede elétrica pública, permitindo assim uma redução substancial na fatura elétrica.

Campanha de manutenção 2015

Campanha de manutenção 2015. A Solar Project, dando continuidade à sua política de excelência no sentido de estreitar a relação com os seus clientes,  está a promover a realização de manutenções aos sistemas instalados sob a sua responsabilidade.

Solar Project equipa uma moradia em Espinho com um sistema solar revolucionário

A Solar Project equipa uma moradia em Espinho com um sistema solar revolucionário. Solar Project irá equipar uma moradia unifamiliar em Espinho com o inovador sistema solar da Solcrafte. O sistema instalado irá suprimir a maioria das necessidades energéticas associadas à produção de água quente sanitária.  A principal inovação deste sistema é de ter o coletor com acumulador integrado,  conseguindo assim um design mais apelativo em relação aos sistemas termossifão convencionais. Outra vantagem é de ter uma manutenção reduzida em relação aos restantes sistemas solares térmicos que se encontram no mercado.

Solar Project irá instalar um sistema de autoconsumo num edifício de serviços

Solar Project irá instalar um sistema de autoconsumo num edifício de serviços em Vila Nova de Gaia. Foi adjudicado à Solar Project um sistema de autoconsumo de 7 kWp sem armazenamento de energia.  Este sistema irá permitir que a entidade adjudicadora fique parcialmente independente da rede elétrica pública, permitindo assim uma redução substancial na fatura elétrica.

Solar Project instala em Viseu o inovador sistema solar térmico Solcrafte Style Plus

Solar Project instala em Viseu o inovador sistema solar térmico Solcrafte Style Plus. Solar Project equipou uma moradia unifamiliar no Carregal do Sal, Viseu, com o inovador sistema solar térmico da Solcrafte.  A principal inovação deste sistema é ter o coletor com acumulador integrado conseguindo assim um design mais apelativo em relação aos sistemas termossifão convencionais. Com esta característica os sistemas da Solcrafte possuem apenas metade do tamanho e têm metade do peso dos sistemas termossifão convencionais,

A Solar Project concluiu a empreitada que estava a decorrer no edifício secular da Celestial Ordem Terceira da Santíssima Trindade

A Solar Project concluiu a empreitada que estava a decorrer no edifício secular da Celestial Ordem Terceira da Santíssima Trindade. A Solar Project concluiu a empreitada que estava a decorrer no edifício secular da Celestial Ordem Terceira da Santíssima Trindade Breve descrição dos equipamentos instalados: – Sistema Solar Térmico para produção de águas quentes sanitárias: Este sistema, constituído por 110,04 m2 de área coletora e por 6.000 l de volume de acumulação, contribuirá de forma significativa para produção de águas quentes sanitárias, garantindo no entanto em algumas alturas do ano a totalidade da produção de águas quentes sanitárias. – Sistema de Climatização e de Gestão Técnica Centralizada: Foi instalado um depósito de 1.500 l, mais um conjunto de caldeiras de condensação a gás, com uma potência total de 900 kW tendo como objetivo garantir a produção de águas quentes sanitárias bem como o aquecimento ambiente de determinados sectores do edifício.  Estas Caldeiras têm uma eficiência elevada, o que permite reduzir o consumo de gás associado a estas necessidades e possuem uma baixa emissão de CO2 e baixo nível de emissão de NOx. Para o sistema de climatização foi também proposto a substituição do chiller existente por um chiller bomba de calor de 300 kW de elevado valor de eficiência de performance (COP) e de elevado valor de eficiência de energia de rácio (EER).